terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Manshiyat Naser, Egito


E a cidade da reciclagem. A cidade está praticamente debaixo do lixo, já que o local se tornou hum aterro sanitário que recebe o lixo das milhões de pessoas da capital do Egito.
Os habitantes da cidade são especializados em reciclar e conseguem aproveitar quase 90% do que é descartado. Apesar de ser hum trabalho digno que realmente precisará ser feito enquanto houver tanto desperdício, a vida dessas pessoas é muito difícil, e para muitos de nós é difícil imaginar viver sem saneamento básico, sem eletricidade e outras coisas com como quais estamos tão acostumados .
Postar um comentário