segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Busca do acaso


Quero subir a íngreme montanha de minha existência, como se buscasse o acaso, algo que não me foi desvendado até hoje ... Olhar lá de cima a planície de minha vida, e ir onde meu coração bate mais forte!...
Pessoas passaram por ela, marcaram-na profundamente. Sei que amei muito, e que também me fiz amada, fui feliz, mas também amarguei a tristeza.
Sempre procurei viver, sem prejudicar, ou magoar as pessoas, mas sei que nem sempre me fiz entender por elas.
Involuntariamente, também fiz sofrer pessoas!... É a vida..., Assim é que nos fazemos crescer espiritualmente, e buscamos a renovação interior... É preciso jogar fora o velho, para poder desfrutar as alegrias do novo.
Abrir caminhos, desbravar estradas desconhecidas. Conhecer novas pessoas e dividir com elas uma convivência feliz... Fazer sorrir os rostos tristes, e buscar lá dentro de todos a força, até então desconhecida... Trazer gigantes adormecidos à tona, para iluminar a humanidade, fazendo abrir os corações e aclarar a mente de pessoas.
Sobrepujar a própria presença, para ver-se crescendo espiritualmente. Poder anular suas próprias necessidades, para trazer a felicidade real, que se acha tão desconhecida...
E que cada um se olhe interiormente e busque tudo aquilo que nunca se deu, e tão ansiosamente busca exteriormente...
Não busque nada fora, pois ao agir dessa maneira, jamais vai achar a felicidade tão querida...
Olhe no seu espelho, pois lá vai encontrar uma pessoa que se faz tão escondida, pois você nunca se deteve, para se dar a atenção na vida.
Essa sensação de vazio, que dentro de você as vezes se faz sentida, não é porque algo lhe faz falta, mas é apenas a solidão em que você se colocou na vida, pois viveu atendendo as conveniências da cabeça, pra não ter problemas na vida...
Mas ao deixar seu querer de lado, para fazer o que é exigido pela sociedade, abandonou suas vontades e com isso, se anulou e a pessoa real que você era, ficou aí dentro amassada, renegada, sentindo-se impotente na vida.
Você ainda pode resgatar essa pessoa, que se acha esquecida e por isso acabou por sofrer com todas as coisas exteriores. Coloque-se em primeiro lugar, valorize você todos os dias. Só criando amor por si mesmo, vai poder ter valor na vida....


Jandira Moraes 
Postar um comentário