quinta-feira, 27 de outubro de 2016

A influência da religião na moral do indivíduo

Se uma pessoa ainda não entendeu que a crueldade é errada, não descobrirá isso lendo a Bíblia ou o Corão, já que esses livros transbordam de celebrações da crueldade, tanto humana quanto divina.
Não tiramos nossa moralidade da religião. Decidimos o que é bom recorrendo a intuições morais que são embutidas em nós e refinadas por milhares de anos de reflexão sobre as causas e possibilidades da felicidade humana.
Nós fizemos um progresso moral considerável ao longo dos anos, e não fizemos esse progresso lendo a Bíblia ou o Corão mais atentamente. Ambos os livros aceitam a prática de escravidão, e ainda assim seres humanos civilizados agora reconhecem que escravidão é uma abominação.
Tudo que há de bom nas escrituras  pode ser apreciado por seu valor ético, sem a crença de que isso nos tenha sido transmitido pelo criador do universo.
Postar um comentário