sábado, 25 de junho de 2016

Celso de Mello pede explicações a juiz da Custo Brasil por buscas no apartamento de Gleisi


Em resposta ao pedido de nulidade das buscas no apartamento funcional da Gleisi Hoffmann, porque caberia ao Supremo Tribunal Federal julgar o caso, o ministro Celso de Mello enviou uma lista de quatro perguntas ao juiz federal, Paulo Bueno de Azevedo, titular da 6ª Vara Federal de São Paulo e magistrado da operação Custo Brasil. O ex-ministro Paulo Bernardo foi preso pela Polícia Federal neste desdobramento da Lava Jato (23/6).
O decano do STF pediu que Azevedo explique:
1 - Se as buscas feitas na quinta-feira se baseavam no fato de Paulo Bernardo ter declarado aquele endereço “como uma de suas residências”
2 - Se as buscas se restringiam a Paulo Bernardo, seus “bens, equipamentos eletrônicos, valores, documentos e demais elementos probatórios.
3 - Se houve ordem para devolução de objetos e documentos “eventualmente” apreendidos da senadora Gleisi Hoffmann.

4 - Se o juiz ordenou apreensão de “bens, documentos, valores, equipamentos e quaisquer outros elementos evidenciadores de prática delituosa relativos a Gleisi Hoffmann.

Por Redação Jota
http://jota.uol.com.br/celso-de-mello-pede-explicacoes-justica-federal-de-sp-por-buscas-na-casa-de-gleisi
Postar um comentário